Category Archives: Noticias

POLÍCIAS MILITAR E CIVIL CONSEGUEM REESTRUTURAÇÃO SALARIAL DAS CARREIRAS.

426

A reestruturação da carreira e aumento salarial da Polícia Militar e Civil foi aprovada pelos deputados estaduais na sessão noturna desta quarta-feira (3), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

A atuação do deputado José Riva (PSD) foi considerada como decisiva para as categorias nos pleitos da Polícia Militar, com a conquista da reestruturação salarial de aproximadamente 30% para os oficiais e 45% para os praças. Já para a Polícia Judiciária Civil (PJC), o acréscimo foi de 15% para investigadores e escrivães. Os reajustes começam a valer em janeiro do próximo ano.

Segundo o presidente da Associação de Cabos e Soldados, cabo Adão Martins da Silva, a mediação de Riva foi imprescindível para a conquista da categoria.

“Já estávamos sem perspectiva de reposição salarial e o deputado Riva foi fundamental para essa vitória. O governo também foi sensível ao nosso pedido e todos os militares estão felizes com a valorização”.

Presidente da Associação dos Oficiais de Mato Grosso, Major Wanderson Nunes, afirmou que a categoria agradece o empenho do deputado, que sempre defendeu melhorias salariais e estruturais para os policiais.

“Para nós, o aumento foi histórico. Nunca antes, na história da Polícia Militar, tivemos acréscimo salarial tão significativo. Conseguimos, fruto da união das associações, do comando-geral, e principalmente da interlocução da Assembleia Legislativa junto ao Governo do Estado, através do deputado Riva, que nos acolheu e sempre olhou as nossas causas. Recebi mais de 100 ligações apenas hoje de policias felizes com a aprovação da mensagem”, afirmou.

De acordo com o presidente da Associação dos Sargentos, Subtenentes, Oficiais administrativos e Especialistas (ASSOADE), Luciano Esteves Correa da Costa, a participação de Riva foi decisiva para a reestruturação da carreira dos militares.

“A Assembleia Legislativa sempre abraçou o pleito da categoria e por isso, pedimos o apoio para a reestruturação salarial. Fomos contemplados e agradecemos o deputado Riva, que intermediou as conversas com o Poder Executivo e defendeu o nosso pedido”, agradeceu.

Riva lembrou que as categorias mereciam a reestruturação da carreira em função do empenho e dedicação para a manutenção da segurança pública. “Precisamos valorizar os nossos servidores e a Assembleia Legislativa sempre foi parceira das categorias na defesa dos seus pedidos”, argumentou.

INTERMEDIAÇÃO – A intermediação dos deputados estaduais impediu, inclusive, que as categorias entrassem em greve. Os militares, por exemplo, fizeram manifestação em maio com cerca de mil praças e oficias que estiveram na Assembleia Legislativa, pedindo apoio dos parlamentares. Na oportunidade não descartaram o aquartelamento e afastaram a possibilidade após a abertura do diálogo com o Poder Executivo, com intermediação de Riva.

Com os investigadores e escrivães também foi da mesma forma. Houve ameaça de greve em função do Governo do Estado recusar a abertura do diálogo. A categoria pediu o apoio de Riva, que intermediou o contato e posteriormente os avanços aconteceram e a reestruturação salarial foi definida.

“Quando todas as portas estavam fechadas para nós, o deputado Riva interviu e conseguimos a abertura do diálogo com o Governo, que resultou na reestruturação da carreira. Agradecemos mais uma vez o parlamentar, que sempre está ao lado dos servidores e nunca se recusou a atender nenhuma carreira”, explicou a presidente licenciada do Sindicato dos Escrivães (SINDEPOJUC), Genima Evangelista.

A reestruturação da carreira e reposição salarial representa a valorização dos investigadores e escrivães, de acordo o presidente do Sindicato dos Investigadores da Polícia Civil (SIAGESPOC), Aníbal Marcondes Fonseca.

“Tentamos muito abrir diálogo, mas recebíamos sonoros não da equipe econômica do governo. Procuramos o deputado Riva e com a interlocução dele, houve a abertura das negociações e fomos atendidos com o aumento. Toda a categoria está satisfeita”, confirmou.

 

Data: 03/07/2014
Fonte: Kleverson Souza – Assessoria da Assembleia Legislativa de MT

VOTAÇÃO DA REESTRUTURAÇÃO SALARIAL DA PM/BM-MT

424

Senhores policiais e bombeiros militares de Mato Grosso, informamos que a mensagem de lei n°. 046 que trata da reestruturação salarial dos policiais e bombeiros militares de Mato Grosso foi colocada em apreciação na Assembleia Legislativa no dia de hoje, porém, infelizmente pela ausência de número mínimo de deputados, não pode ser votada.

Para nós das associações foi frustrante, pois o dia começou muito cedo, realizando visitas à Casa Civil, à Casa Militar e mantendo contanto com parlamentares durante toda à tarde na Assembleia Legislativa.

Apesar da frustração inicial pela não votação nesta terça-feira, conseguimos sair com um compromisso firmado com Deputado Jota Barreto – líder do Governo e com Deputado Mauro Savi – Primeiro Secretário da AL, de que nesta quarta-feira (02/07) na sessão matutina que inicia as 09:00 horas, o nosso projeto de lei será apreciado e votado.

Agradecemos a presença dos policiais e bombeiros que compareceram à Assembleia nesta terça-feira, porém destacamos que o último prazo para votação de nossa reestruturação salarial é nesta quarta-feira, portanto, a presença de todos os militares é de suma importância para aprovação do projeto de lei nas duas votações necessárias.

Muitas das vezes nos perguntamos por que determinadas categorias sempre obtêm resultados positivos em suas reivindicações e a resposta é sempre a mesma, a tenacidade e a insistência com que lutam pelos seus direitos.

Diante dessas considerações, convocamos todos os policiais e bombeiros militares para comparecerem à Assembleia Legislativa nesta quarta-feira, a partir das 09:00 horas para acompanharmos e lutarmos pela aprovação do projeto de lei que trata de nossa reestruturação salarial.

 

Data: 01/07/2014
Fonte: ASSOF, ASSOADE, ACSPMBM-MT e ASSMIP

POLICIAIS E BOMBEIROS DECIDEM ACEITAR PROPOSTA DE REESTRUTURAÇÃO SALARIAL APRESENTANDA PELO GOVERNO

img_5014

A Associação dos Oficiais (ASSOF), dos Sargentos, Subtenentes e Oficiais Administrativos (ASSOADE), dos Cabos e Soldados (ACSPMBM-MT) e dos Militares Inativos e Pensionistas (ASSMIP) informam aos policiais e bombeiros militares de Mato Grosso, que não puderam se fazer presente na Assembleia Geral realizada na data de ontem (10.06.2014) que por maioria absoluta, os militares estaduais Matogrossenses decidiram aceitar a contra proposta de reestruturação salarial apresentada pelo Governo do Estado, desde que os prazos para efetivação da proposta sejam readequados conforme o prazo estipulado pela categoria.

3ª RODADA DE NEGOCIAÇÃO

416

Nesta quinta-feira os representantes da ASSOF, ASSOADE E ACSPMBM-MT se reuniram pela manhã com o Secretário de Administração, Pedro Elias e na parte da tarde, com a equipe técnica da Secretaria de Estado de Administração, para dirimir as dúvidas do projeto de lei que reestrutura a carreira dos Policiais e Bombeiros Militares de Mato Grosso.

As dúvidas que existiam diziam respeito ao número de policiais e bombeiros previstos para os anos de 2014 e 2015, pois conforme a nova lei de promoção, muitos Oficiais e Praças serão promovidos nos próximos anos e por isso, o impacto financeiro se modifica a cada data de promoção.

Após a conferência dos números, a equipe técnica elaborou um relatório financeiro que será submetido na segunda-feira (02.06) ao Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de MT.

Os dirigentes informam que a próxima agenda das associações será no dia 06 de junho com o governador Silval Barbosa e tranquilizam os policiais e bombeiros destacando que os trabalhos foram projetados para serem concluídos e aprovados antes do inicio da Copa do Mundo para Mato Grosso, ou seja, dia 14 de junho.

Eles informam ainda, que após a reunião com o Governador, será convocada uma assembleia geral para o dia 09 ou 10 de junho, para apresentação dos resultados e definição dos próximos encaminhamentos.

 

Data: 29/05/2014
Fonte: ASSOF, ASSOADE, ACSPMBM-MT e ASSMIP.

Mais de 1000 militares lotam AL e ameaçam parar na Copa; Reunião com Silval é 5ª

amp-img_9224

19h02 – O deputado José Riva anunciou há pouco na tribuna da Assembleia Legislativa que está marcada para quinta-feira (15), 15 horas, a primeira reunião entre o governador Silval Barbosa e o militares. “Convocamos os representantes das Associações de militares e também os deputados para iniciarmos essa negociação sobre reestruturação salarial com o governo. Justificar que independente do resultado, todos os deputados esperavam justamente isso do governo, a abertura do diálogo”, disse.

18h26 – O presidente da Assof afirma que hoje situação é dos militares é de sacrifício pois é submetido a uma jornada de trabalho de praticamente o dobro dos outros servidores da Segurança Pública. “Por isso entendemos que essa reivindicação salarial é justa”, afirma.

LUTA PELA PEC 300

PEC300

LUTA PELA PEC 300: ACSPMBM-MT participou de mobilização nacional

Nos dias 09 e 10 de julho a diretoria da Associação de Cabos e Soldados MT, através de seu presidente CB Adão e do vice CB Joelson e do 1º SGT PM Carlos Roberto Dias, comandante de JUSCIMEIRA-MT, participou da mobilização nacional de associações que visava incluir na pauta de votação da Câmara dos Deputados dois projetos importantes para as categorias da PM e BM, que eram PEC 300 e Anistia. Participou do evento mais de 500 militares de todo o Brasil.

REPOSIÇÃO SALARIAL ANUNCIADA

reajustepmbm

COM REPOSIÇÃO SALARIAL ANUNCIADA PODEREMOS CHEGAR A 11,67% DE AUMENTO

O Governador Silval Barbosa anunciou nesta quinta feira (09/05/13) em reunião com o Fórum Sindical, que a recomposição salarial dos servidores públicos do Poder Executivo do Estado de Mato Grosso

Ismael&Fabio